Wiki Bíblia/Deuteronômio/III

From Wikispore
Jump to navigation Jump to search
ver  editar
Informações sobre esta edição
Título Tradução Brasileira da Bíblia
Autor Vários
Tradutor Hugh Clarence Tucker (presidente, metodista); Rev. William Cabell Brown, Jr. (coordenador, episcopal), Antônio B Trajano, JM Kyle (Igreja Presbiteriana do Norte dos Estados Unidos), John R Smith (Igreja Presbiteriana Americana, sulista), Alfredo B Teixeira (presbiteriano independente), Hipólito de Oliveira Campos (metodista), Virgílio Várzea e Alberto Meyer (Nova Friburgo); colaboraram Rui Barbosa, José Veríssimo, Heráclito Graça, Eduardo Carlos Pereira et al.[1][2][3]
Gênero Religioso
Referência
da disponibilização
Bíblia Online. [S. l.]: [s. n.], [200-]. Acesso em 8 dez. 2009.

A fonte apresentada é uma fonte de confirmação de dados e existência.
Nível de progresso 00%.svg 0%
Permissão
PD-icon.svg Todas as obras publicadas até 1º de janeiro de 1927, independentemente do país de origem, se encontram em domínio público.

A informação acima será válida apenas para usos nos Estados Unidos — o que inclui a disponibilização na Wiki Bíblia. (detalhes)

Utilize esta marcação apenas se não for possível apresentar outro raciocínio para a manutenção da obra.

Notas
  1. Bíblia tira teima está de volta. Barueri, SP: SBB, 2011. Disponível em http://www.sbb.org.br/interna.asp?areaID=101&id=698. Acesso em 10 dez. 2013.
  2. MURARO, Cauê. Bíblia com tratamento literário vira fenômeno de vendas na Noruega. G1, Globo, São Paulo, 11 jan. 2012. Disponível em: <nowiki><http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/01/biblia-com-tratamento-literario-vira-fenomeno-de-vendas-na-noruega.html. Acesso em 10 dez. 2013.
  3. TEIXEIRA, Paulo; ZIMMER, Rudi. Traduções da Bíblia: história, princípios e influência. In Manual do Seminário de Ciências Bíblicas. Barueri, SP: SBB, 2013. Disponível em http://books.google.com.br/books?id=aS4OAQAAQBAJ. Acesso em 10 dez. 2013
  1. Tendo voltado, tomamos o caminho de Basã; e Ogue, rei de Basã, saiu-nos ao encontro, ele e todo o seu povo, para nos dar batalha em Edrei.
  2. Disse-me Jeová: Não o temas, porque o entreguei a ele, e a todo o seu povo, e a sua terra nas tuas mãos; far-lhe-ás a ele, como fizeste a Seom, rei dos amorreus, que habitava em Hesbom.
  3. Jeová nosso Deus nos entregou nas mãos também a Ogue, rei de Basã, e a todo o seu povo; ferimo-lo, até que não lhe ficou nenhum sobrevivente.
  4. Nesse tempo tomamos-lhe todas as cidades; não houve cidade que não lhe tomássemos: sessenta cidades, toda a região de Argobe, o reino de Ogue em Basã.
  5. Todas estas eram cidades fortificadas, com altos muros, portas e ferrolhos além de muitíssimas cidades da gente do campo.
  6. Totalmente as destruímos, como fizemos a Seom, rei de Hesbom, fazendo perecer por completo em cada cidade os homens com as mulheres e os pequeninos.
  7. Mas todo o gado, e o despojo das cidades, guardamo-los por presa para nós.
  8. Nesse tempo tomamos a terra das mãos dos dois reis dos amorreus, que estavam além do Jordão, desde a torrente de Arnom até o monte Hermom
  9. (os sidônios chamam a Hermom Siriom, e os amorreus chamam-lhe Senir),
  10. a saber, todas as cidades do planalto, e todo o país de Gileade e de Basã, até Salcá e Edrei, cidades do reino de Ogue em Basã.
  11. (Só Ogue, rei de Basã, ficou do resto dos refains; eis que o seu leito era leito de ferro; não está, porventura, em Rabá dos filhos de Amom? Tinha nove cúbitos de cumprido e quatro cúbitos de largo, segundo o cúbito dum homem.)
  12. Nesse tempo entramos de posse desta terra. Desde Aroer, que está junto do vale da torrente de Arnom, e a metade da região montanhosa de Gileade, com as suas cidades, dei aos rubenitas e aos gaditas;
  13. o restante de Gileade, e todo o país de Basã, reino de Ogue, à meia tribo de Manassés; isto é, toda a região de Argobe, todo o país de Basã. (Este se chama o país dos refains.
  14. Jair, filho de Manassés, tomou toda a região de Argobe, até os confins dos gesuritas e dos maacatitas, e chamou-lhes, isto é, a Basã, pelo seu nome, Havote-Jair, até este dia.)
  15. A Maquir dei Gileade.
  16. Aos rubenitas e aos gaditas dei desde Gileade até a torrente de Arnom, cujo meio serve de termo e até a torrente de Jaboque, termo dos filhos de Amom;
  17. Arabá também, com o Jordão por termo, desde Quinerete até o mar da Arabá, o mar Salgado, pelas faldas de Pisga para o Oriente.
  18. Nesse tempo vos ordenei, dizendo: Jeová vosso Deus deu-vos esta terra para a possuirdes; passareis armados, todos os homens valentes, diante de vossos irmãos, os filhos de Israel.
  19. Porém vossas mulheres, e vossos pequeninos e o vosso gado (pois sei que tendes muito gado) ficarão nas vossas cidades que vos dei;
  20. até que Jeová dê descanso a vossos irmãos, como a vós, e eles também possuam a terra que Jeová vosso Deus lhes está dando além do Jordão. Então voltareis, cada um à sua possessão, que vos dei.

  21. Também dei ordem a Josué nesse tempo, dizendo: Os teus olhos são os que viram tudo o que Jeová vosso Deus tem feito a esses dois reis; assim fará Jeová a todos os reinos a que tu estás passando.
  22. Não tereis medo deles, porque Jeová vosso Deus é o que peleja por vós.
  23. Roguei a Jeová nesse tempo, dizendo:
  24. Ó Senhor Jeová, tu começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e a tua mão poderosa; pois que Deus há no céu ou na terra, que possa fazer segundo as tuas obras e segundo os teus grandes feitos?
  25. Deixa-me passar a ver a boa terra que está além do Jordão, essa excelente região montanhosa, e o Líbano.
  26. Mas Jeová agastou-se comigo por vossa causa, e não me ouviu. Disse-me Jeová: Basta; não me fales mais nisto.
  27. Sobe ao cume do Pisga, levanta os olhos para o Ocidente, para o Norte, para o Sul e para o Oriente, e contempla com os teus olhos; porque não passarás este Jordão.
  28. Mas manda a Josué, e anima-o e fortalece-o, porque ele passará adiante deste povo, e fará que recebam por herança a terra que verás.
  29. Assim ficamos no vale defronte de Bete-Peor.